Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Frei Victorino Antonio Prando recebe homenagem da Câmara de Vereadores de Ouro

Publicado em 04/12/2018 às 15:56 - Atualizado em 04/12/2018 às 16:02

Momento da entrega da placa
Créditos: Assessoria de Comunicação - Câmara Ouro Baixar Imagem

O Frei Victorino Antonio Prando foi homenageado pela Câmara de Vereadores do município de Ouro durante a sessão ordinária desta segunda-feira, dia 03. A solenidade foi prestigiada por familiares, autoridades municipais, admiradores e convidados. 

A honraria foi sugerida pelo vereador Cesar João Prando como forma de agradecer pelos relevantes serviços prestados pelo religioso à comunidade ourense. Frei Victorino contribuiu significativamente para a vida espiritual das pessoas e pelo direcionamento vocacional das crianças e adolescentes, além de auxiliar administrativamente na organização as comunidades e do Oratório de Nossa Senhora do Caravággio. 

No início da homenagem foi lida a biografia do sacerdote e destacadas as principais ações desenvolvidas por ele durante os 60 anos de vida consagrada. Em seguida, o vereador Cesar Prando destacou o trabalho vocacional do homenageado e sua importante contribuição para as famílias das comunidades por onde trabalhou. 

Quantas famílias dilaceradas o senhor ajudou a reconstruir?! Quantos pais e filhos separados pela discórdia o seu reaproximou? Quantos casais separados o senhor ajudou a reconciliar?! Quantas comunidades desunidas o senhor ajudou a apaziguar e a colocar novamente nos trilhos ao longo destes 60 anos de vida religiosa?!” afirmou emocionado o vereador Cesar Prando. “Somos gratos ao senhor Frei Victorino pela imensa contribuição que deixou para a nossa comunidade. Um homem de vivências, um homem de fibra, mas principalmente um homem de muita fé e devoção” finalizou. 

O presidente do Legislativo, Amarildo Ganzala também fez questão de deixar a sua mensagem ao homenageado. “As comunidades de Capinzal e Ouro são gratas ao senhor pelo excelente trabalho aqui realizado e pelos grandes exemplos deixados para toda uma geração” comentou. 

Visivelmente emocionado, Frei Victorino utilizou a tribuna e falou da sua caminhada religiosa, das lembranças do período que autuou na Paróquia São Paulo Apóstolo, em especial no antigo Seminário Nossa Senhora dos Navegantes em Ouro, da contribuição para as comunidades e agradeceu imensamente pela homenagem recebida.

 Em seguida, o vereador Cesar Prando, o presidente Amarildo Ganzala e o prefeito Neri Miquelotto entregaram uma placa simbolizando o respeito e a admiração do povo ourense pelo religioso. 

Biografia 

Filho de João Prando e Ângela Frigo, Frei Victorino nasceu em Nova Bassano, município de Nova Prata (RS), no dia 24 de novembro de 1933. 

Ingressou no Seminário São Francisco, na comunidade de Barra Fria (hoje Erval Velho), no dia 21 de janeiro de 1944. Recebeu a ordenação sacerdotal das mãos de Dom Jerônimo Mazzarotto no dia 20 de dezembro de 1958 e celebrou a primeira missa solene em 04 de janeiro de 1959 em Herval do Oeste (SC). 

O Frei Victorino trabalhou como sacerdote nas seguintes cidades: Santo Antônio da Platina (PR) de 1959-1960; Laurentino (SC) 1962-1964; 1970-1978; 2005-2012;  ; Capinzal e Ouro 1979 -1996 e 2002-2003; União da Vitória (PR) de 1996-1998; Lages (SC) 1999-2003; Galvão (SC) 2004-2005 e  São Lourenço do Oeste (SC) 1965-1969 e de 2013 até os dias atuais. 

Em 1989, ao celebrar seus 30 anos de vida sacerdotal participou, com os freis Inácio Minalli e Guilherme João Potratz, de uma peregrinação a Lourdes (FRA), Fátima (POR), Província Vêneta (ITA), Roma, Assis e lugares franciscanos. Em 2008, celebrou 50 anos de sacerdócio, em Laurentino (SC) e neste ano em São Lourenço do Oeste celebrou 60 anos de sacerdócio. 

Exerceu diversos cargos na Província: vigário pa­roquial, pároco, guardião, ecônomo local, diretor de Escola Vocacional e coordenador do SAV local. Durante 18 anos atuou como diretor do antigo Seminário Nossa Senhora dos Navegantes no município de Ouro.       

Frei Victorino dedicou quase toda sua vida em cuidar e acompanhar os seminaristas nas escolas vocacionais de Laurentino, São Lourenço do Oeste e Capinzal. Nessas suas atividades sempre demonstrou grande zelo, dedicação, responsabilidade e grande espírito capuchinho na educação dos vocacionados.

Está com 85 anos de idade, 66 anos de vida religiosa e 60 de vida sacerdotal.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar